Eu, Tu e os meus sapatos

Louca pela vida. Louca por ti. Louca por escrever. Louca por sapatos.

Category m. to be

H O P E

Amor. Amar. Esperar. Acreditar. Esperança. E é disto que é feita a vida. De amar e ser amado. De esperar e acreditar. De ter esperança. E, acima de tudo, de saber ser feliz nessa esperança. Não é depois de amanhã. Não é quando ela ficar curada. Não é quando nos casarmos. Não é quando arranjar um emprego a sério. Não é quando engravidar. Não é. Mesmo. É fazer tudo o

Continue reading…

A bipolaridade da (minha) maternidade (à vista dos outros)

Grávida de 33 semanas. Para quem ainda não esteve neste estado baleiês ou casado com alguém nesta condição (e não é profissional de saúde), quer isto dizer que estou grávida de 8 meses. Faltará um mês e meio para a criança nascer, mais coisa menos coisa. (Ficam já a saber também que quem criou o mito que diz que a gravidez dura 9 meses nunca esteve grávido.) Há algumas semanas

Continue reading…

Viagens na nossa terra… por Castelo de Vide

Como assim 18 anos de namoro? C O M O ? Tiro em cheio no fim-de-semana. Mommy com a atenção e os mimos de sempre e sai um fim-de-semana a dois na Quinta das Lavandas. Já para começo de conversa, a promessa do regresso. É sempre assim não é? Gostamos sempre tanto, somos tão bem recebidos (mesmo mesmo) que queremos sempre regressar. Mas depois a frieza do “há tanto por

Continue reading…

A minha mãe é a maior não é?

Manhã de um dia normal. Pensamentos aleatórios no duche. Tão bom que é ter esta mania de comprar tudo um tamanho acima. Tão bom que é usar blusas largas. Tão bom. Agora tudo serve. Tão bom que este ano se usam calças e saias com elástico no cós. Tudo serve às grávidas. Tão bom. Manhã de um dia normal. Pensamentos nada aleatórios em frente ao espelho. Que ideia de génio

Continue reading…