Eu, Tu e os meus sapatos

Louca pela vida. Louca por ti. Louca por escrever. Louca por sapatos.

É assim um misto de manatim com boto*

*divirtam-se com este diálogo

É isso. Foi assim que me vi quando abri a pasta destas fotografias.

Começou tudo no domingo. Ele foi a mais um workshop com o Pau e chegou a casa a dizer que havia um cenário espectacular para fotografar e que tínhamos mesmo de lá ir. Ora, eu estou de 39 semanas. O “ir” tinha de ser assim para ontem. Mas depois começam os “se” e os “e” e os enguiços ou contrariedades… ora, nesta altura do campeonato – e por campeonato entenda-se estado de pequena baleia, já não existem assim grandes alternativas de indumentária que não tenham sido já fotografadas. Vai daí, entro na Zara na segunda à tarde antes de ir buscar a gaiata à natação decidida a encontrar uma solução. Bem, entre parecer um suspiro gigante (aquela cena dos folhos e das mangas tufadas é toda muito gira mas é quando a própria da pessoa não está tufada) ou repetir o vestido, optei pela segunda alternativa. Apanho a donzela e penso que ainda consigo dar mais um saltinho ao Colombo para ver se não há mesmo alternativa. A ajuda dela foi preciosa (a sério) e lá encontrámos um vestidito que não precisava de ser engomado (as fotografias eram para daí a uma hora, remember?). Chegados ao sítio “ai caraças que se vê o soutien” e vá de despir o dito com algum receio. Felizmente a coisa nem correu mal. Mas e onde é que está a maré baixa? E este sol maldito a queimar? Bem, o sítio giro mas giro para as fotografias (que era, eu vi as do workshop) tinha-se eclipsado entre marés e sóis resplandescentes. Agora “Vá deita-te aí”, “Aqui? Como aqui? No meio das ervas que picam e das cobras e dos bichos e dos calhaus?”, “Vá! Deixa-te de mariquices que tu não és disso”…

(Esta pessoa não é disso mas está grávida de 39 semanas, com um vestidito fininho, a assemelhar-se e a sentir-se um misto de manatim com boto e ele quer que a pessoa rebole na areia. Minto, se fosse areia não me queixava.)

Bem, o certo é que, sem spot, com sol resplandescente, vestido semi transparente e sem soutien, a excelência cá de casa até se safou… Digo eu. Mas eu sou um tudo nada parcial.

[Vestido da Pimkie e Mini Me de Lanidor]

4 Discussions on
“É assim um misto de manatim com boto*”

Leave A Comment

Your email address will not be published.