Eu, Tu e os meus sapatos

Louca pela vida. Louca por ti. Louca por escrever. Louca por sapatos.

Últimos posts

tudo o que vou dizendo por aqui

Conversas da Maria

Há umas semanas, em mais uma consulta de especialidade. A médica que já a segue há algum tempo de um lado da secretária. Do outro eu, ele e ela. Os adultos conversavam sobre o mais recente diagnóstico, próximas medidas e as várias opções em aberto. Ela fazia um desenho. A dada altura, muito baixinho: “Oh pai, eu não devia estar aqui a ouvir estas coisas…” Minha pintassilga, tão exageradamente despassarada

Continue reading…

A dias de somar dez anos, a eutanásia como tema do dia.

A dias de somar dez anos, a eutanásia como tema do dia. A dias de somar dez anos que a minha irmã recebeu o diagnóstico de leucemia. Assim, como vos escrevo aqui. Aos vinte e um anos. Aos vinte e um anos. Hoje estou a fazer uma frequência, amanhã fico com febre, a febre não passa com antibiótico, volto ao hospital e sou internada de urgência já com órgãos em

Continue reading…

O que lá vai, lá vai.

[Nota prévia: está tudo bem] Fui feliz quando tinha sete anos e a minha única preocupação era ter a certeza de que não perdia o aparelho dos dentes durante o almoço na escola. Fui feliz quando tinha doze anos e a minha única preocupação era ter a certeza de que eu e as melhores amigas (da época) ficávamos na mesma turma. Fui feliz quando tinha dezasseis anos e namorava o

Continue reading…

Inconsistência? Não. Humana.

Não trocava por nada os nove meses que estive dedicada a 100% a esta coisa maravilhosa que é ser mãe. Foram nove meses maravilhosos que deviam ser acessíveis a todas as mães. Não é só escrever leis. É preciso patrocinar essas leis. É preciso ajudar orçamentos familiares (quantas famílias podem “dar-se ao luxo” de estar 3 meses com um dos membros a receber 25% do seu salário?). É necessário mudar

Continue reading…

Conversas da Maria

Um dia destes ao jantar, com os meus pais, televisão ligada no telejornal e aparece o cromo do Jorge Jesus. – Oh avó!, eu sei quem é aquele senhor! – Sabes? – Sei! É o treinador do Sporting! – Ai é? – Sim! É o Jorge Jesus. Eu às vezes vejo-o na natação. – Pois, é normal. – Sim mas olha, agora não tenho visto porque ele anda muito atrasado

Continue reading…

É só mais um dia…

São 21h57 e sentei-me há minutos no sofá… O dia foi bom. Tão bom. (Não são todos?) Eles adormeceram na minha cama… vou dar mama ao gordo, deitada porque se assim não fosse era contractura semana sim, semana sim, em vez de ser uma de três em três meses (calhou de ser este fim‑de‑semana), ela vem sempre atrás… Quando ele acaba de mamar ela já dorme… O gordo dá três

Continue reading…

Conversas da Maria

Sexta-feira a meio da tarde lembrei-me que podíamos sair para jantar fora os dois. Por razão nenhuma, só porque sim. Alinhei a logística dos miúdos com os avós e marquei o restaurante no The Fork. Chegámos a casa relativamente cedo mas a Maria já estava naturalmente a dormir. Sábado de manhã, entra de mansinho no quarto e depois a correr até à nossa cama. – Oh mãe! Onde é que

Continue reading…

Histórias do pequeno selvagem…

Com a Maria, os cintos da cadeira da papa nunca foram estreados… Com ele… Há duas semanas o pequeno selvagem achou que era o Tarzan nas lianas e atirou-se da cadeira da papa em voo… Pai, mãe e irmã na cozinha, todos a centímetros dele e aconteceu. Vá, vamos dar uso aos cintos. Apertados sempre e muito bem ajustados. Agora além de Tarzan, descobri que ele pensa que é contorcionista…

Continue reading…

sofá, chá e uma manta | the mechanism

O Mecanismo podia chamar-se a Operação Marquês… É uma série brasileira (mas asseguro que têm de pôr legendas ou aumentar significativamente o volume se querem perceber) sobre, claro!, a corrupção e as teias e extensão da mesma. Dizia eu, é efectivamente assustadora a similaridade com o que temos visto nas últimas semanas no Jornal da Noite. Vejam e digam-me. O escândalo político brasileiro que temos vindo a  conhecer nos últimos

Continue reading…

Today’s Details

Na realidade não são de hoje, mas podiam ser… O casaco, usado inúmeras vezes (hoje também!) continua a ser uma paixão da estação. Os calções, intemporais. O cabelo, que tem sido referido, fica para outras núpcias. Desse lado? Alguma paixoneta por uma peça em particular?