Eu, Tu e os meus sapatos

Louca pela vida. Louca por ti. Louca por escrever. Louca por sapatos.

Dias cheios e a tosse

Ontem foi um dia cheio.

Acordámos devagar mas depois o ritmo acelerou e retomámos a nossa agitação habitual.

(Maldito trânsito natalício!)

A Maria foi com as amigas ver o Coco – se ainda não foram ver, ide a correr porque é giro giro! Enquanto isso o pai passeava com ele pelo centro comercial. A meio vim cá fora para lhe dar mama. Não nos atrapalhamos. Depois do filme foi tempo de procurar um presente de aniversário para uma boneca crescida gira. Estive vai não vai para comprar um daqueles bodies giros da intimissimi que nos inundam as redes sociais, mas depois pensei que era capaz de ser um momento um tudo nada estranho quando ela abrisse o embrulho no meio do restaurante. Pelo meio fotografias com as miúdas do Lego Friends (A Maria está naquela fase de sorrisos super naturais! Só que não!) e um passeio virtual no trenó do Pai Natal – Top! A Maria adorou e eu também!

Jantar bom na Brasserie no Parque das Nações. Aquele molho em cima das batatas fritas quase que me leva ao céu. Vinho para eles… Um Esporão Quatro Castas espectacular… Coca-cola para mim.

O gaiato mais novo começa a tossir. Uma tosse estranha. Diferente da das últimas semanas. E esta mãe, que não se alarma com febres, que não se descontrola com doenças, diagnósticos, exames ou tratamentos, fica sempre e invariavelmente de antenas no ar com tosses e respirações diferentes. As dezenas de infecções respiratórias e várias pneumonias da mais velha a isso levaram.

Não atravessámos Lisboa e fomos ao hospital logo ao lado do restaurante. Auscultação porreira, oxigénio ok, nada de febre. Provavelmente só uma garganta irritada depois de semanas e semanas de tosse e alguma pieguice masculina pós Bexsero. Foi a sobremesa depois da sobremesa.

Os dias não param. O tempo não pára. E nós também não.

 

1 Discussion on “Dias cheios e a tosse”

Leave A Comment

Your email address will not be published.