Eu, Tu e os meus sapatos

Louca pela vida. Louca por ti. Louca por escrever. Louca por sapatos.

18 de Novembro de 2011

Olhei para este texto inúmeras vezes.

Li, reli, alterei, voltei atrás, alterei outra vez.

Até que me consciencializei da realidade: é impossível apagar aquilo que sou de algo que escrevo. Com o nascimento da minha filha não deixei de ser eu, não deixei de ser racional, não deixei de ser mulher, não deixei de ser pessoa. Por esse motivo, seria impossível que este texto reflectisse aquilo que não sou… nunca poderia ser tão meloso como o de outras recém-mamãs, ou tão mimocas, ou tão sonhador. Eu não sou assim. Nem passei a ser só porque agora sou mãe. That’s just not Me.

Constatando o óbvio… seria impossível desenhar o texto ideal para momentos tão perfeitos.

Dia 16 de Novembro foi um dia difícil… não começou particularmente mal, mas uma série de chatices foram surgindo ao longo do dia que culminou com a pior notícia dos últimos meses. Dona Mini Me tinha parado de crescer, não se sabia o motivo e só havia uma certeza: tinha de sair cá para fora com urgência.

Podemos pensar em todas as justificações racionais – a semana de insónias em que não devo ter dormido mais do que 4 horas em 6 dias ou a correria 24h/24h durante toda a gravidez…

Podemos lembrar-nos de motivos mais românticos – Dona Mini Me estava farta do T0 e queria vir conhecer o mundo ou, então, queria tão só e apenas seguir a tradição da família e nascer no aniversário do avô.

Assim, às 22h22 do dia 18 de Novembro de 2011 veio ao mundo um pequeno docinho (acho que com 2,250 kg às 38 semanas posso dizer que era mesmo pequeno), cujo cognome Mini se adaptou melhor do que pensávamos (e mais do que desejávamos) – o melhor presente de sempre dos papás e, com toda a certeza, o melhor presente de aniversário do avô.

Mini Me é um pequeno docinho que só come e dorme. Não quis crescer mais na barriga da mãe mas cá fora tem crescido bem. Não tem cólicas, não se chateia (nem chateia), não chora e refila muito pouco. É um verdadeiro anjinho.

Sô Dona Me está óptima (e tem estado óptima). Só não faz o pino porque nunca fez. As estrias não chegaram a aparecer e o volume abdominal é quase nulo.

Na realidade, tem sido tudo tão fácil e tão simples – começando pelo parto que foi fácil fácil fácil (e não, não foi uma cesariana), passando pelo facto do pequeno docinho mamar que é um espectáculo (nem a subida do leite custou – mesmo!) e dormir ainda melhor (so far, noites mal dormidas zero), até à mommy que se sente leve, fresca e cheia de energia desde o primeiro dia – que estou em crer que tinha dentro de mim uma qualquer natural mom que desconhecia.

Obrigada pelo carinho e pela preocupação.

Obrigada pelos miminhos e pela amizade.

Eu estou de volta.

Bisouxxx

BTW, Vida nova, blog novo e é só por esse motivo que as novidades tardaram tanto…

92 Discussions on
“18 de Novembro de 2011”
  • Muitas Felicidades! Não te conheço, mas gosto muito da tua maneira de ser, inconscientemente ajudaste-me, com as tuas palavras a ultrapassar a pior fase da minha vida!
    Tudo de bom para o vosso futuro
    Beijinhos, Ana Lúcia

  • O texto está um mimo 🙂

    Ainda bem que tudo correu bem! Ainda bem que ela está e passa bem 🙂 Permitindo à mamã estar fresca como uma alface 🙂

    Muitos Parabéns à família!!!

  • A imagem está mesmo muito bonita Me… 🙂

    De facto, tu não és melosa, mas não precisas de o ser. Durante a gestação, acompanhámos os teus sorrisos rasgados nas fotografias, lemos as tuas histórias, vimos o teu amor de mãe crescer. E é mesmo isso, tinhas dentro de ti um instinto maternal natural, que surgiu sem pedir licença e sem dar explicações. Fico muito feliz por saber que estão as duas bem… e tenho a certeza de que a Mini vai ser uma princesa, tal como a mãe!

  • Muitos parabéns e adorei a ternura da imagem.
    Por acaso já me questionei o porquê de não ter captado os pézinhos da minha cria….
    O new blog está um must!!!!!!!!!
    Beijinhos & abracinhos . margarida .

  • Parabéns me!
    A tua mini me e muito parecida com minha little baby Rita, pois tb e muito tranquila, come e dorme, dorme all night, não chateia nada! Também nasceu no dia, neste caso, do bisavó, a 9 de setembro. Nesse dia o bisa completou 80 anos! Foi ua prenda e pêras, segundo ele, a melhor que recebeu ate hoje 🙂
    Também, tal como tu, parece que também fui dotada om a capacidade inata de ser mãe! E tudo tão fácil … Mas também tive muita sorte com a little baby Rita pois a pequena e um doce!
    Gostei muito do frormato do blogue 😉

    Muitas beijocas e felicidades aos papas e se come mini me!

  • Estou super contente a mini me é escorpião e nasceu no mesmo dia que eu…. como não lhe posso dar uma prenda a mini me…. Fica um XXXXXXXXXXXXX do tamanho do mundo

  • Já tinha saudades de te ler, querida 🙂

    Fico muito feliz de saber que tudo está a correr bem. Espero, sinceramente, que continue assim. Adorei a fotografia, linda linda 🙂

    Beijinho

  • Parabéns! Pensei logo que a tua ausencia devia ser pelo nascimento da mini me.
    Ainda bem que está tudo a correr bem, aproveita que sao momentos muito bons.
    Agora falando com base na própria experiencia (tenho 2 meninas), o facto de sermos maes nao anula o sermos mulheres e profissionais, até acho que nos torna melhores mães.
    E a foto está linda!

  • Parabéns lindas!!! Amo a foto, os pezinhos são tão de menina 🙂
    Desconfio que este este ano é bom para ter bebés 😉 O meu também nasceu de trinta e oito semanas, dorme bem, dá-me boas noites, só acorda muito cedo, mas deito-o às dez, mama bem e é um santo 🙂

    Um grande beijinho

  • Querida Me,
    há muito que sigo o teu blog e, como se de uma amiga se tratasse, também “vivi” os bons e os maus momentos que connosco ias partilhando…. Mas com esta nova fase da vossa vida ( e novo blog, que está lindo! Adoro a foto!!) não podia deixar de te dizer que fico muito feliz que tenha corrido tudo bem e desejo-vos tudo de bom!! Tenho a certeza que a “nossa” Mini Me vai ser uma criança muito feliz!
    Beijinho, Sónia.

  • Oh minha linda… muitos muitos PARABÉNS!!!!!!!!!!!!
    Ainda há bem pouco tempo era eu, e agora já tenho imensas saudades, por isso só te posso dizer: aproveita cada segundinho ao máximo.
    Só te posso desejas muitas felicidades e tudo de bom para a vossa familia e para esse pequeno grande tesouro que é a vossa menina.
    Milhões de beijinhos para todos… e aproveitem a dádiva que é a vida 🙂

  • Me estou mesmo muito feliz por ler este teu post. Sinto que te conheço desde sempre e é tão bom a tua vida mudar, ver os teus sonhos se concretizarem e ver(ler) que és uma pessoa muito mas mesmo muito boa.
    Desde os primeiros dias que começaste o teu blog descobri-te, li e reli tantas vezes o que escrevias. tens uma força tão grande como a do Sol e tens um sorriso puro. A tua Mini Me é a benção. Um beijinho enorme desta tua poupinhas*

  • Olá Me
    Desejo-te muitas felicidades para essa nova fase. Ainda bem que esta a correr tudo bem já estava preocupada com essa ausência. A Mini Me deve ser mesmo um docinho, a foto é uma ternura aproveita cada minuto que passa rápido. Já estava com saudades de ler os teus posts mais é por uma boa causa.
    Bjs
    Natália Carvalho

  • A fotografia transmite mais que qualquer outra palavra que pudesses não dizer. Não sei o que é isso, de mãe e filha, espero um dia saber, mas sempre que vejo fotos tipo estas (ou com as mãos de recem nascidos) o meu coração fica pequenino.
    Parabéns Me, que a Mini-Me seja bem vinda e continue um docinho.
    Felicidades lá para casa.
    😉
    Beijinho.

  • Me,
    MUITOS PARABÉNS e que a vida traga à mini Me tudo aquilo que a fizer feliz, saudavel e encantadora. Desejo do fundo do coração para a tua menina, o mesmo que desejo para o meu filhote.
    E que belo dia para nascer, o avô deve ter ficado radiante.
    mil bejos

  • Muitos parabéns Me…. Esta fase é optima. Aproveita bem! Ao ler o teu relato tava a ler as minhas palavras (que confusão me fez). A minha filhota também nasceu no dia que fazia as 38 semanas assim pequenininha como a Mini Me (48cm e 2853gr), também não me custou nada o parto e a recuperação foi perfeita. A minha pequenita também sempre foi um anjinho, sossegadinha, comia e dormia e mais importante de tudo (para mim, claro) dormia a noite todinha…. Era um descanso! 🙂 E agora com 21 meses está uma terrorista amorosa, “fala” pelos cotovelos e nunca está quieta! É o meu amor pequenino e é tão bom….!!

  • Vim-te procurar e como suspeitava escontrei 2 seres independentes. Parabéns Babe2.
    Sei que serás o melhor que alguém poderia desejar na tua versão mommy, esposa, filha, mulher e sim… irmã!
    Sabes que te gosto!

    Lita

  • Bem vinda de novo, Me!! Já estava com saudades de te ler! Adorei o novo blog (o pormenor dos sapatos da Mini Me está um mimo!). As maiores felicidades para esta nova fase da tua vida que se deseja recheada de coisas boas. 🙂

  • Babe,
    Muitos Parabéns!!
    Já estava com saudades tuas 🙂
    Fico muito feliz que a pequena Mini Me esteja bem e ainda por cima, tem-vos dado noites descansadas!! Não podes pedir mais :))

    As maiores felicidades e um grande beijinho desa menina que te quer muito bem!!
    O blog está lindo, como sempre!!!

    Bom fim de semana,
    Verita

  • e que texto delicioso … pode não ser meloso, mas tem doce suficiente em cada palavras … parabéns Me, pela mini-Me, pela grande mulher que és … adorei seguir online o nascimento da Maria e desejo-vos as maiores felicidades … ***

  • Me, que bom ler-te de volta! 🙂
    Sabia através da Marianne que tudo estava bem, mas é tão melhor ver-te por aqui, ler as tuas palavras e saber que tudo corre ainda melhor. Tu mereces.
    Beijinho grande*
    E muitas felicidades

  • Olá,
    Já estava a ficar preocupada com a ausência de notícias. Felizmente terminou tudo em bem e a mini me já está no aconchego do lar rodeada de muito amor.
    Adorei a nova imagem do header, aqueles pequenos sapatinhos vermelhos marcam toda a diferença 😛 muito giro.

    Felicidades para a família.
    Bjokas

  • ahh então era (também) por isto que não aparecias. eu, na minha “baba” natural por tudo o que é referente a babys, nem estranhei este período mais ausente. é que esses pequenos seres ocupam-nos o pensamento e o coração… e tudo o resto pode esperar. que bom ler o teu texto, saber que estão bem. que continuem assim, eternamente felizes, cada dia uma descoberta nova. tal como referes, continuamos a ser quem somos, mas descobrimos sentimentos e reacções até então desconhecidos. para mim ser mãe é mesmo isso, é descobrir, é aprender, e claro…mimar. e o melhor de tudo é a certeza que o sentimento é recíproco.
    parabéns e muitas felicidades aos 3:)

  • Benvinda e este mundo Mini Me ! O sol brilha e quando nasce é para todos! As maiores felicidades para a bébé e para os papás para a verem crecer forte e saudável! Penso que é a 1ª vez que comento embora venha cá com regularidade. Esperava anciosamente noticias. Não tenho blog, nem pretensões de tal. Gosto de ler apenas.

  • Me e só hoje por acaso é que consegui chegar ao teu novo espaço. Que felicidade saber que está tudo muito bem por aí. 🙂
    Muitos parabéns mamã. Que tudo continue assim repleto de paz, e sorrisos.
    Parabéns e as maiores felicidades.

    Big kisses
    ML

  • Parabéns pela pequenina :))

    Nasceu no dia do meu aniversário…eheheh….só pode ser “boa miúda”!!
    Tb fui Mãe agora, 5 diazitos depois de ti! E…so far, so good 🙂

    Bjs e felicidades

  • Que bom que está de volta Me! 🙂
    Já vi que está tudo bem e recomenda-se. E nós que a conhecemos daqui, ficamos felizes, muito! 😉
    Beijinhos para a Me, Mini Me e restante família (babadíssima, presumo). Desejo-vos um óptimo Natal, com tudo de bom a que têm direito.

  • Querida, muitos parabéns, mais uma vez. Esta foto é um mimo, e o blog também está muito giro! Quanto ao texto, sabe bem é ler coisas que identifiquemos com quem as escreve… e é este o caso. Apesar de eu própria já ter escrito coisas mais “melosas” no blog ou noutros sítios, a verdade é que tal aconteceu porque me dá o ímpeto de escrever quando sinto um assomo de amor incontrolável a subir-me ao peito, ou algo do género – daquele tipo de sentimento que até te dá vontade de apertar o teu bebé até ao limite. :)) A verdade é que a minha visão da maternidade, apesar de esta ser uma viagem muito interessante e cheia de recompensas insubstituíveis, é pouco romântica e romantizada. Mas isso seria conversa para outros festivais… 🙂
    Ah, e aproveita a bonomia da tua Mini Me, que é qualquer coisa de espectacular! O meu M.zinho não me dá ainda boas noites (nunca fez fitas durante a noite, mas acorda de 3 em 3h para mamar), tem cólicas, deu-me um parto complicadote e com algumas sequelas chatas, a subida do leite deu-me mal-estar, dores e temperatura e fiz duas mastites no mesmo lado. :))) Ainda assim, no regrets whatsoever, e este bebé é mesmo o meu amor maior.
    Muitos beijinhos e continuação de tudo de bom 🙂

  • Me, desculpa o meu comentário tão atrasado! Muitos, muitos parabéns pela tua Mini Me 🙂
    Felizmente tudo não passou de um susto, e a tua filhota veio ao mundo cheia de força e de vida. Parabéns à mãe que não é melosa, sonhadora, mas que é com toda a certeza uma GRANDE MÃE! Beijinhos grandes

Leave A Comment

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.