Eu, Tu e os meus sapatos

Louca pela vida. Louca por ti. Louca por escrever. Louca por sapatos.

Manifesto anti-seita bimby (mas preciso de comprar uma)

Pois, é verdade que já se sabe que adoro cozinhar.

É tão só e apenas a única tarefa doméstica que para mim está a léguas de ser uma tarefa.

É um prazer, é uma terapia, é um momento de mimo. É mimar-me a mim e aos meus.

O que vocês não sabem é da minha aversão à Bimby.

Corrijo, da minha aversão à grande maioria das utilizadoras da Bimby (e sim, a utilização do feminino é propositada).

Antes de prosseguir com o meu manifesto, experimentem fazer este exercício e colocar a expressão “varinha mágica” (ou qualquer outro electrodoméstico) em substituição da palavra Bimby nas conversas sobre a mesma:

– Ai, a minha “varinha mágica” é um espectáculo!

– Ai, já não imagino a minha vida sem a minha querida “varinha mágica”!

Got it?

Continuemos com o manifesto: a minha aversão surge, de forma geral, no seguimento desta espécie de seita “bimbólicas”. Ora, seitas é coisinha que a mim sempre me fez confusão. E, avaliando de fora, as conversas, comportamentos and so on, parecem mesmo isso: uma seita. (que me perdoem as restantes utilizadoras da Bimby que continuam sem discursos afectados)

Depois vem a forma de venda (não tanto a existência de uma vendedora ao melhor estilo aspirador Rainbow), mas os argumentos:

1º Poupança:

“Ah que os 900 e qualquer coisa euros vão ser recuperados porque a carne rende mais (se eu quiser também compro 20 € de carne daquela que já está picada em vez de mandar picar bifes da vazia, 4 kg de carne em vez de 2 kg… é isto poupança?) e porque, tcharan!, nunca mais se vai comprar açúcar em pó. Really? Não conseguem fazer melhor? Eu sei que a minha onda é estanteria dinâmica, empilhadores de pinças, cais e trailers de 13,6m… mas quem já elaborou (deixei-me disso sob pena de me dar uma síncope cardíaca ou deixar de ter família), negociou e implementou projectos com muitos zeros antes do símbolo €, não vai (mesmo) em cantigas destas (já disse também que a modéstia não é coisa que me assiste).

2º Receitas:

A sério? Acham mesmo que o leite creme da Bimby é o melhor? Contem-me histórias. A maquineta é o que há de melhor para se fazer leite creme. Mas é cá com a receita da minha mãezinha. E quem diz o leite creme, diz a lasanha (eu tenho cinquenta receitas de lasanha criadas por mim que metem a da Bimby a um canto), diz a limonada, diz…

3º Menos louça:

Expliquem-me como é que com um copo daquele tamanho, se consegue cozinhar para 4 pessoas sujando menos louça? Além disso, máquina de lavar louça (minha querida máquina de lavar louça) para que te quero!

E agora, dizem vocês: “mas esta fulana é parva, só critica e depois diz que precisa de comprar uma”.

Pois é meus amores, mas eu preciso de comprar uma Bimby como quem compra uma varinha mágica (ou um qualquer robot de cozinha). Preciso de um equipamento que cozinhe sem exceder os 100º, dá-me jeito uma maquineta que me faça os molhos sem ter de estar ali horas a mexer para não pegar ao fundo, preciso de uma varinha que passe a sério (e não a fingir como as demais varinhas mágicas), quero uma batedeira que bata comme il faut.

Concluindo, preciso de uma Bimby, que preciso (e quero).

Mas não quero uma vendedora a tentar engrupir-me com todos os argumentos supra citados (ou outros semelhantes).

E é aí que vocês entram em socorro desta alma já excomungada por todas as adoradoras da Bimby.

Há por aí alguma leitora caridosa que seja capaz de me vender uma Bimby como se me estivesse a vender tão só e apenas uma varinha mágica?

BTW, sim, face à repetição exaustiva ao longo do texto devo ter alguma espécie de fétiche com varinhas mágicas…

57 Discussions on
“Manifesto anti-seita bimby (mas preciso de comprar uma)”
  • Olá conheço uma menina que vende, não sei se vende como se estivesse a vender tão só e apenas uma varinha mágica, mas é muito querida. se quiseres posso deixar-te o contacto. bj

  • Ola eu posso te recomendar a minha vendedora, faz a demonstração e venda em tua casa e eu digo que não precias de ouvir os argumentos maravilhosos da máquina, mas sim e só como funciona… Ah ela é um espectáculo e não é chata :P.

    [email protected]

    E eu tenho uma bimby e tb achava exagero a máquina, mas epa aquilo dá bue da jeito eheh

  • Olá Me.
    Sorri ao ler este post. Já tenho a Bimby há 1 ano e se disser que já não consigo viver sem ela estaria a mentir, porque vivo bem. Passam mais dias sem a utilizar do que aqueles que utilizo… se há dias que penso que foi uma boa compra, tenho outros que só me apetece vende-la.
    Eu já andava para comprá-la há um bom tempo atrás, mas o preço da dita não mo permitiu, portanto, foi uma compra para lá de pensada e não ludibriada pelos mil pretextos que as vendedoras e outros mais possam me ter dito.
    Na minha opinião o que a bimby nos dá é uma boa liberdade… tempo, desliga sozinha, tem o tal alarme, não passa daquela temperatura. Nisso ela é óptima!
    Uma coisa que ela faz e muito bem, são as sopas. Eu adoro purés e nas sopas ela é excelente! Podem me dar mil e uma sopas de panela, triturada com varinhas mágicas que meto as mãos no fogo pela bimby. Não há sopa igual à dela.
    De resto, nada mais me fascina, o comer fica igual ao “da panela”. Não entro em histerismos nem digo sim porque sim e porque os outros dizem.
    Para mim a bimby é uma grande liberdade e umas sopas excelentes! Nada mais me fascina. É giro, sim, mas passo bem sem ela. Tanto cozinho com trem de panelas, como na bimby. Ainda ontem fiz madadelas, segui a receita do livro base e aqui para nós… a massa não ficou nada de especial.. e já não é a primeira vez que me acontece.
    Beijinhos às 2 e felicidades aos 3!
    Nicole

  • Confesso que recebi uma bimby com alguma renitência (foi-me oferecida). Estou ainda a habituar-me a fazer as coisas e é prática e simplifica muita coisa, sem dúvida (adoro que faça um óptimo béchamel em 10 minutos).
    Quem nos vendeu foi uma prima do meu moço que, apesar de na demonstração ter andado a treinar o paleio todo de vendedora connosco acho que sabe ser directa. Interessada?
    Se sim, e-mail me.
    🙂

  • Olá, bom dia:
    Eu tambem era anti-bimby e concordo com tudo o que diz .
    Sim, tambem já tenho uma bimby mas não sou bimbólica, não dependo dela mas dá imenso jeito para fazer sopa enquanto dou banho aos miudos, no verão é optima para fazer granizados de champagne(adoro) e caipirinhas entre outras receitas. faço sopa e cozo peixe ao mesmo tempo. sim poupo tempo a lavar tachos e mais panelas, mas vivia na mesma sem ela. Acho que todas as vendedoras usam os mesmos argumentos, mas de maneiras diferentes, eu tive duas demonstrações e não tem mesmo nada a ver. Gostei muito da Susana Gomes, foi a quem comprei, e tem blog nosoupforyou.blogspot.com ela é 5 estrelas simpatia em pessoa.
    Parabens pelo blog adoro passar por aqui.

  • Tal e qual!!!
    Comprei a Bimby antes do Verão, mas confesso que mantenho aquele bocadinho de aversão que já lhe tinha, a ela e a toda a “cultura Bimby”. Quase nunca sigo as receitas deles, porque gosto mais das minhas e de muitas das ditas tradicionais, então os doces são de fugir, com açúcar a mais e tal. Também me falta a paciência para aquela coisa de uma velocidade e um tempo para isto, mais outra e outro tempo para aquilo. Enfim. Uso-a como um auxiliar, que por vezes, é bastante mais rápido, mas por exemplo, não gosto de fazer ali as sopas, a taça é muito pequena e não dá para o consumo da minha casa (se calhar quando o bebé entrar na fase das sopas, vai dar jeito, afinal dá para fazer quantidades pequenas). Já me disseram que como é mais rápida, sempre dá para fazer mais sopas, mas eu não estou para isso e continuo agarrada às minhas panelas e à velha varinha mágica. Depois não tenho paciência para o faz e reserva, e faz e reserva, um tédio.

    Já me disseram que a subutilizo, se calhar sim, mas não a consigo encarar para uma culinária total, até porque há coisas que ali ficam sem gracinha nenhuma. É muito boa para alguns sumos, batidos de frutas, molhos, alguns bolos e a meu ver, pouco mais.

  • Olá 🙂
    O que eu já me ri com este post! Sou uma fã incondicional da Bimby, e porquê????
    Simples, não sei cozinhar, as poucas tentativas foram caoticas, e a minha mãe não gosta de cozinhar… ainda não tenho a maquineta, mas quando falam duma máquina que tem receitas claras e simples e que é só seguir as indicações, para mim é uma benção!
    Referes que gostas de cozinhar, agora imagina um cenário… uma moçita com 30 anos, que não sabe nada de nada, nem os básicos (sim porque a minha querida mãezinha, cozinha pouco e tem de ser executado como ela diz!) a tentar seguir uma receita dos livros tradicionais de receitas…é o pânico…eu não entendo metade do que eles querem lá dizer, sem falar das expressões “a olho” ou “quando estiver ao seu gosto”…..mas como é que vou saber senhores????????
    A máquina é cara, sim! Faz uma data coisas, que desconfio serem rotinas duma cozinha em uso :)))) e tem lá os passinhos todos sem ter de queimar os neurónios…perfect!

  • Bom dia,
    Também adoro cozinhar e uso a Bimby, dá uma ajuda tremenda. Quanto às receitas, não têm de ser as da Bimby, usas as tuas, se te der jeito fazer lá.
    No meu caso, ajuda!
    Quando comprei a minha, já tinha andado em teste com a da minha mãe emprestadada por uns dois anos, por isso, quando comprei, também foi na mesma lógica – quero comprar, não é preciso toda a conversa introdutória e argumentos.
    Cuidado com este post, vais ter uma avalanche de respostas de vendedoras disponíveis, o díficil agora vai ser mesmo escolheres! Uma dica: pede a uma amiga o contacto da agente dela, assim ela ainda recebe um livro por te recomendar.
    Beijinho,
    Filipa
    http://www.welc-home.blogspot.com

  • Pois, estou contigo, não alinho nada com essa coisa das “bimbólicas”. Tenho uma Bimby há quase 2 anos, é uma boa máquina, sim senhora, deixou de haver aquela parte “mexer até engrossar” das receitas, o que é óptimo, acaba por funcionar como um par de mãos extra, por vezes. Quando a comprei, também não queria cá demonstrações, o ter que arranjar=arrastar mais 2 ou 3 casais para assistir… Uma prima minha emprestou-me a dela por uma semana, verifiquei que era uma máquina que nos seria útil, liguei à senhora que lha vendeu: “Traga uma, se faz favor!” e foi assim. Ainda teve que fazer o gosto ao dedo, fez um gelado mas foi rápido. Boa compra!

  • A bimby é um eletrodoméstico como outro qualquer e por isso mesmo tem vantagens e desvantagens. Pode ou não ser uma boa compra, dependendo da utilização que lhe dês. Não é milagrosa, não te transforma na melhor cozinheira de sempre, não é anti-totós (eu sou prova disso) mas pode ajudar-te a poupar imenso tempo. Todas as receitas que referes, experimentei uma vez, mas não fiquei fascinada. Ah! Esqueceste-te do argumento de fazer pão em casa (que depois de fazer contas à vida, entre farinhas, eletricidade e tempo, compensa-me mais comprar feito). Não adaptei a minha vida à máquina, adaptei a máquina à minha vida. Deixei de me chatear com as tarefas que considero chatas, como amassar as bases de tartes e quiches, fazer molhos, misturar ingredientes liquidos e sólidos (sem me preocupar com grumos), fazer arroz (eu sei, é básico, mas odeio o processo de cozinhar arroz e sai-me sempre uma argamassa estranha, se me aventurar a fazê-lo no tacho) e outras coisas do género. Cá em casa, quando há festas, os cocktails e gelados de fruta são um sucesso. Como varinha mágica, aquela lâmina tritura tudo sem deixar vestígios de nada (incluindo brócolos, manga e… caroços de abacate ainda dentro do fruto, enquanto se tentava, apressadamente, fazer uma mousse…ehehehe). Dizem que para quem tem bebés é óptimo (fazes compotas de frutas, iogurtes, cremes de legumes) e que também dá para esterilizar biberões. Ao contrário de ti, odeio cozinhar, mas com a maquineta tornou-se mais prático, menos penoso e consigo fazer mais coisas no mesmo tempo. E pronto… Não sei se ajudei/ acrescentei alguma coisa, mas é isto! 😀

  • Olá Me,

    Eu tenho uma Bimby desde que a Madalena come sopa. A minha visão da coisa é exactamente a mesma que a tua. Aquilo é um acessório de cozinha que rentabiliza o teu tempo, mas não cozinha por ti, nem tempera, nem nada que se pareça.
    Eu comprei a minha a um amigo descontente e ele tinha perdido umas peças, como tal tive de ir comprar as mesmas à Expo, aos escritórios da Vorwerk. Deixo-te o contacto da Linha de Apoio a clientes, pode ser que possas comprar lá directamente sem te chatearem.
    Contacto 214177315.
    beijinho
    Alexandra

  • Olécas!
    Nunca usei a Bimby, nem nunca me foi apresentada. Simplesmente porque eu a acho cara comó Diabo. LOL

    Eu gostava era que tu começasses a publicar aqui receitas das coisinhas boas que fazes na cozinha. Sim, porque já deu para ver que tu fazes comidinha deliciosa. 🙂

    Bisouxx

    • Epá Soinita, é preciso cá uma pachorra para estar a escrever receitas que estão na minha cabeça (e são constantemente inventadas aka aldrabadas pela própria autora – ou seja, eu)… hehehe!

      Pode ser que um dia destes me dê para aí!

      Bisouxxx

  • Eu tenho uma bimby ainda no modelo antigo que herdei da mamã.
    Só há pouco tempo é que comecei a usar mais e ainda andava a explorar a máquina quando a lâmina avariou (gasta pelo muito uso que a mamã deu).
    Mas no geral concordo contigo, e posso dizer que para mim uma das vantagens do leite creme da bimby é mesmo não ter de estar ali a mexer. A limonada gosto muito, mas não quer dizer que não haja melhor… 😀

  • Sim, Me, eu 🙂 ainda não sou vendedora mas queria/vou ser e posso estrear-me contigo. A mim também não foram esses argumentos que me convenceram. Foi tão só os de que tu falas e, sobretudo, a minha falta de jeito para fazer sopas e necessidade absoluta (dieta) de as comer ao jantar. E, sobretudo, não tenho nada jeito para ser daquelas vendedoras que usam os argumentos que lhes ensinam nas formações e acham que funcionam. Funciona é olhar para as pessoas, perceber o que elas querem e adaptar aquilo que se diz em função disso. Beijinhos

  • O que eu me ri!
    Eu também sou como tu, também queria uma só pelo facto de não estar ali constantemente a mexer os molhos, e por triturar muuuuito melhor do que qualquer varinha mágica.
    Já baixavam era o preço, que a troika não nos deixa comprar assim coisas desse preço, e às prestações Não Muito Obrigado!
    Bjks***

  • Tenho uma bimby mas não faço parte da seita, nem sou bimbólica. Como não tenho especial gosto pela cozinha e suas artes, facilita-me muito a vida. por exemplo, ontem permitiu-me fazer dois pratos ao mesmo tempo, um arroz de pato na panela e um bacalhau espiritual na dita cuja. E, finalmente, uma sopinha. Poupou-me tempo e arrelias, porque me faz montes de tarefas e sim, com ela sujo menos loiça. Agora quanto a poupanças, não faço ideia. A vantagem não é não gastar em pão ralado, é não ter de o ir comprar à pressa, porque fiz imenso e lá está guardado. Ah, e o arroz doce é bem bom, porque a maquineta cozinha o leite a 90º e não temos de estar a ali a dar á colher de pau, a ver se não ferve e transborda e mais não sei o quê. Idem para o bechamel, faz-se sozinho. É uma máquina muito prática, mas não é a oitava maravilha, isso era eu ter uma cozinheira 😀

  • Olá

    Sou fã da Bimby a 100% e o leite creme feito nesta maravilhosa máquina é divinal!!
    E as sopas? Do mais cremoso q há… Loiça uso pouco, é uma realidade, as minhas panelas ainda brilham…

    Não te posso vender mas posso dizer que vale MESMO os 900€!!!

    Beijocas

  • Eu acho que é um facilitador de cozinha, não ensina quem não sabe e não vai dar prazer a quem não gosta de cozinhar, mas que dá jeito, dá. Há muita coisa que não faço na Bimby porque acho sinceramente que não fica igual (p.e. bolos) mas há outras coisas que se não fizesse lá também não fazia porque não tenho paciência (sim o leite creme é um deles, mas também iogurtes liquidos, granizados…). Não acho que o investimento financeiro no meu caso tivesse sido compensado (se não fosse oferecida) mas eu compraria uma na mesma, principalmente agora com um bebé acho que dá ainda mais jeito não ter de estar sempre em cima da comida e ter as sopinhas bem cremosas.
    Não posso dar o contacto da minha vendedora porque está em Angola.
    btw detesto a lasanha que fazem na demonstração da Bimby, se tivesse sido só por ela não comprava.

  • Eu tenho uma bimby mas podia viver bem sem ela!
    Os bolos continuo a fazer de maneira tradicional, bater claras ou natas com a bimby não me convenceu, portanto continuo a usar batedeira e balança para pesar!
    Fiz uma receita de um lombo que vem no livro de receitas, um lombo daqueles que compramos no talho com 1 kG, deveria estar +- 60 min na varoma, teve à vontade + de hora e meia…
    Doces, compotas, molhos, limonada isso sim…
    bjs
    SJ

  • Não sei porquê mas a bimby nunca me fascinou, muito menos agora que ganhei o gosto pela cozinha. A minha mãe ainda comprou-me alguns electrodomésticos dispendiosos para facilitar-me a vida (pensava ela e eu que não daria nenhuma para a caixa a nivel culinário) mas a verdade é que não utilizo muito esses aparelhos, apesar de facilitar imenso a vida, porque gosto de estar entretida, quando tenho mais tempo, a elaborar pratos, principalmente porque não sou eu que os lavo. eheheh.
    Mas tenho amigas que falam muito bem da bimby.

    Bjokas

  • Me, tenho uma bebe com 4 meses que começou agora a comer a sopa e daí eu ter comprado a bimby. E sim, porque faz umas óptimas sopas, mais cremosas, mais saudáveis e bem mais rápidas. A temperatura de cozedura controlada é uma mais valia sem dúvida. Realmente acho que os sabores dos alimentos são bem mais conservados cozinhando com a Bimby. Tirando isso, facilita com algumas receitas bem rápidas mas acho que para mim servirá mais como um auxiliar de cozinha,até porque eu também gosto de cozinhar.

  • Ora eu cá concordo com as pessoas que dizem que é um instrumento de trabalho, um facilitador. Eu também tenho uma, quis uma quando comecei a pensar em criar prole. E confirmo que é uma excelente auxiliar, pois dá-te a liberdade necessária quando tens um bebé pequeno, crianças traquinas, muito que fazer em casa, and so on and so on. Quem tem uma vida profissional mais exigente e chega tarde a casa, como nós, bem dá graças aos céus pela maquineta. E sim, é prática porque faz muita coisa de forma rápida e eficaz, como os molhos etc. de que falam; caso se queira, contribui para a poupança doméstica sim (pois permite-te confeccionar diversas coisas que, sendo de compra, ficam a preços bem mais elevados); pratica uma cozinha saudável, por via da temperatura controlada… Eu, que adoro as sopas made in Bimby, pelo que já disseram acima (cremosidade extrema), estou ansiosa por fazer lá as do miúdo, lá para os 6 meses, pois acho que a nível de textura são mesmo insuperáveis. E gostava de experimentar os iogurtes, porque God knows que os de compra, regra geral, não me conseguem conquistar por muito tempo. Oh pá, bottom line, para mim não é a última Coca-Cola do deserto, especialmente porque não tenho muito tempo para rentabilizar o uso; não dependo dela, faço ainda muita coisa fora dela, não sou muito bimbólica, se isso quer dizer muito agarrada a ela 🙂 . Mas reconheço-lhe a valia e prefiro tê-la do que não. 🙂

  • eheheheh … o que me ri com este post … a bimby tem sido alvo das mais diversas discussões entre os meus amigos (elas porque querem comprar, eles porque consideram que elas cozinham bem sem recurso à bimby, elas dizem que sem bimby não há filhos, eles dizem que a bimby virá depois de outras prioridades) … de chorar a rir 🙂 🙂
    **

  • Olá,

    Já te leio há um tempo e nunca comentei. Eu adquiri a Bimby há pouco tempo, e atenção resisti duante muitooo tempo, pq sou uma pessoa que sempre adorou cozinhar, que tinha isso como hobbie… mas com 2 filhas pequenas achei que estaria na hora de me mimar com um facilitador.
    Sim pq é de facto um facilitador, eu em pouco tempo já ponho em prática as minhas receitas. Não me venham com tretas qdo dizem q na Bimby as coisas não sabem o mesmo e blá, blá, sabem ao que lá puserem dentro. E eu sempre cozinhei de tudo, atenção! e modéstia à parte as coisas sempre ficaram muito boas.
    Vivo bem sem a Bimby, tb a maldizia muitas vezes, até a comprar…lol, mas agora que a comprei acho que fiz bem. Poupa-me tempo, faço os iogurtes das meninas em casa, scones p o lanche em poucos minutos, sopas deliciosas (das melhores q já comi) nas quais sigo as minhas receitas, faço quase tudo nela, em especial os cozidos a vapor que ficam excelentes e que são muito saudáveis. Limonada boa? Ah pois sim tem, em 2 segundos, se já bebii melhores? já, mas esta é facill de fazer e fica muito boa tb.
    Ou seja, eu, uma resistente convicta, rendi-me à maquineta, sem entrar em histerismos, mas posso comprovar que me ajuda a poupar sim, e que acima de tudo me dá mais liberdade de movimentos e mais tempo.

  • Se há pessoas que dizem que não conseguem viver sem a Bimby, são tontas. Eu tenho, gosto imenso, sei viver sem ela mas não quero viver sem ela. É como fumar, posso estar dias sem fumar mas não quero deixar de o fazer. Sujo muito menos loiça, 98% do que lá faço sai estupendo e gosto. Pronto. Quem não gosto, ok, tudo bem. Mas tens toda a razão, é apenas mais um electrodoméstico. Aqui há tempos chateei-me com a prima do meu marido porque teve o desplante de me vir dizer que a Bimby é para preguiçosas. Ao que lhe respondi que bater as claras em castelo com batedeira TAMBÉM!

  • Quase 1 ano depois deste post ter sido escrito… acho bem que já tenha Bimby!
    Eu era a rapariga que achava que jamais iria vender um alfinete e hoje vendo a “varinha mágica” porque o dinheiro dá-me muito jeito mas acima de tudo porque gosto do que faço e faço magia com a varinha 🙂
    Cada vez somos mais a bimbar e quem bimba por gosto não cansa!

  • O que me ri com este manifesto!! O quanto me identifico com ele…Durante alguns meses houve uma colega que nos queria impor (a todas as colegas de trabalho) a Bimby, sim era vendedora. Os argumentos são sempre os mesmos e estudados e ensaiados, retorquindo com respostas pré feitas às interrogações mais pertinentes.
    A minha irmã já tinha uma Bimby e eu sempre achei o mesmo, é um bom utensilio, mas não acredito que faça maravilhas na cozinha nem que se torne a minha melhor amiga…e custa quase 1.000…Valor que a torna, no meu ponto de vista, cara e dispensável…
    MAs andei sempre à espreita e descobri que podia ter a My Cook (prima da bimbv) a custo zero – e não me digam, nem venham as fundamentalistas cruzificar que não é semelhante – nalguns pormenores até melhor que a bimby.
    Mas dito isso confirma-se que não é assim a maravilha que muitas fazem correr por aí…é chato estar a lavar o copo para a mesma receita – se tenho de bater as claras em castelo ainda uso a tradicional batedeira. e sim lava-se automaticamente, mas perde-se tempo. As quantidades são limitadas.
    O argumento da poupança, que nunca me convenceu, acaba por se tornar uma balela, pois agora entre ovos, farinhas, acuçar e coisas que tal acabo por gastar, e comer, bem mais do que antes.
    Este é o meu ponto de vista, baseado nos hábitos culinários que tenho!!
    concluindo, pode ter uma máquina semelhante e para tal basta domiciliar o ordenado, dentro das condições estipuladas, no BBVA. Acho que com esta dou 10 a zero à tribo bimby e não tenho nada- a não ser o preço- contra a bimby. Mas também não me agrada o fundamentalismo da malta!

  • Boa noite a todas, sim a Bimby é um electrodoméstico mas não é como os outros e a Bimby deve ser um investimento para a vida claro que se quiserem comprar para não usar podem fazê-lo porque o investimento é vosso e vocês são responsaveis pelas vossas compras. Quando se fala em caro e em valores acima da média estamos a fazer comparação ao quê? Não existe nenhum electrodoméstico igual á Bimby por isso não há comparação. Sabem o que ganham de retorno ao fazerem aquilo que a bimby faz? desde iogurtes ao pão? Desculpem mas discordo completamente com o que disseram porque a Bimby é um investimento para a vida e além do equipamento o serviço de excelência que vem alocado á Bimby. Digam-me lá que equipamento vos é apresentado em casa e entregue em casa, com agente disponivel para vocês e com imensos brindes e curso de cozinha? Enumerem-me? Posso vos dizer que nenhum, eu era tal como os outros mas como não gosto de gastar dinheiro por gastar e sou uma pessoa que dá valor ao que tem e vi o verdadeiro potencial da Bimby e por isso me tornei agente Bimby, ter um equipamento que além de poupar 10 a 15euros por mês de gás, poupo no supermercado? Querem melhor? Só aquilo que já se torna hábito em Portugal que é receber fundo de desemprego e não fazer nada em casa que de resto não existe igual, Diria que os vossos agentes falharam na vossa orientação mas por outro lado no meio de tanta gente duvido que a culpa seja dos agentes. Eu sou Agente da Bimby porque acredito que a Bimby vale o que vale não é preciso humanizar e se vivia sem ela sim claro que sim mas NUNCA POUPARIA como poupo sem ela e NUNCA teria a vida tão facilitada como tenho com ela. Por isso vamos lá a pensar se a culpa de não verem o verdadeiro potencial da Bimby é vossa ou da Bimby. Uma conta muito simples se comprarem a Bimby a 24 meses por exemplo e fizerem iogurtes normais na Bimby cada fica a cerca de 0,08€ no pingo doce cada iogurte marca PD são 0,17€. 0,08€*24=2,40€ mês gastam em 24 meses são 57,60€ se comprarem e sujeitam-se a marcas pagam 0,17*30= 5,10*24=122,04€ estamos a falar de uma poupançça de 64,80€, a mim ajuda-me a pagar por exemplo o seguro da casa ou do carro. Para não falar da receita do grego que vamos aos 800€. Além disso o pão, fazermos o pão em casa fica igualmente mais barato e dura mais tempo logo compras menos e fazes ao gosto. As coisas são como são normalmente quando são oferecidas (erro) a pessoa não recebe a ligação que deve através do agente e acaba por deixar cair no esquecimento e é normal porque não foi uma conquista pessoal. Aproveitem a vossa Bimby e se estiverem desempregados lembrem-se que pode ser uma aleada no vosso negocio em casa seja com bolos (faz massapão) de aniversário, seja croquetes, Rissois, marmeladas etc. A Bimby deve trabalhar para vocês.
    Quando abrimos a mente para uma nova ideia jamais ela volta o mesmo tamanho.
    Beijinhos Bimbolicos a todas e aproveitem o equipamento maravilha que têm em casa e quando acharem que a comida não chega para X pessoas façam e depois confirmem. A comida é feita na Bimby de forma saudavel ao ponto de conseguirmos fazer um bacalhau com natas 6/8 pessoas com 400Gr de bacalhau lembrem-se disso.

  • Esqueceram-se de um pormenor. As agentes certificadas da Bimby normalmente são “apaixonadas” pela Bimby, isto tão somente porque, para se vender seja o que for é preciso acreditar no produto….e este, quer queiram ou não é excelente!
    Todos nós vendemos algo todos os dias….uma pequena ideia que seja, por exemplo que não precisamos da Bimby na cozinha……não desvalorizem o trabalho destas pessoas que muitas vezes deixam as suas zonas de conforto para ganhar mais algum….e muitas vezes entram em casas que, valha-me Deus…..como em todas as empresas há sempre bons e maus funcionários….como os cozinheiros? haja tolerância minhas senhoras e respeito pelo trabalho do outro.

  • Eu vivo na Suica e estou a precisar de uma bimby. Alias, eu quero mesmo comprar uma! Alguem sabe como posso adquirir uma sem ir a Portugal? Eu preciso dela para breve e não sei quando irei novamente ai….portanto ,havera alguma vendedora por aqui pela Suica? Ou pode ser me enviada? Pago por tranferencia claro!!!

  • Eu também era daquelas que gozava com a situação e dizia que era maquineta para donas de casa desesperada. Puro preconceito. Adoro a Bimby e converti-me por completo. olhem que se me conhecessem nem acreditavam na minha conversão. Sou mesmo osso duro de roer mas quando comecei a ver as vantagens achei o máximo. Eu que era uma cozinheira medíocre agora sinto-me uma rainha e confesso que já fiz melhores pratos com a Bimby do que aqueles que experimentei feitos de forma tradicional e por pessoas que gostam e sabem cozinhar. A maionese é ótima, as sopas são cinco estrelas, os bolos saem iguaizinhos aos tradicionais e com metade do trabalho, as pizzas ficam boas . Se lhes disserem ao contrário estão a mentir. O único senão é o preço para o carote mas como não tenho automóvel…

  • mulheres deste país,que gostem de cozinhar e têm amor ao dinheiro que vos custa ganhar todos os meses,acreditem em mim:NÃO COMPREM ESTE EMBUSTE!!!!!!!!!!!!
    é pura publicidade enganosa,não poupam dinheiro nenhum por mês,é caríssima e as vendedoras,pelo menos a que me calhou,são do mais manhoso que pode haver. Só para terem ideia do que me aconteceu,passo a explicar:foi-me feita uma demonstração em minha casa da dita máquina e reconheço que as minhas dificuldades financeiras estavam longe das actuais,mas a vendedora deixou-me uma nova,com saco de transporte e todos os acessórios.Porque eu quis claro!!!!!! nessa mesma noite,antes de adormecer,disse ao meu marido:onde é que estou com a cabeça para dar 900 euros por um objecto que me vai privar de algo que eu adoro???Ele respondeu-me que ligasse à vendedora no dia seguinte e a devolvesse.Assim fiz e foi-me dito que a encomenda já tinha dado entrada na Worverk e nada podia ser feito,e eu feita parva,aceitei essa resposta.Ganhei uma aversão tão grande àquilo que cozinhei frango com ela uma vez,mexi no botão errado e passei o jantar a cuspir ossos!!!!!posto isto,vendi a dita a uma moça que ficou toda contente porque estava nova,com o respetivo saco e acessórios e com um ENORME desconto.Para quem gosta de cozinhar é um desperdício de dinheiro,acreditem. E muito cuidado com a vendedora que vos calha,atrás daqueles sorrisos inofensivos,estão verdadeiras feiticeiras de almas desprevenidas.

  • Bom dia
    Tenho a minha bimby a 1 mês e desde ai que não uso o fogão. Nao vou tar a impingir nada porque acho que cada um é que sabe da sua vida. Se alguem tiver alguma dúvida pode enviar me email ou ligar
    [email protected] 911515260

Leave A Comment

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.